Atualizado: 01/06/2020

Infelizmente, estamos todos enfrentando momentos de incerteza causados pelo vírus COVID-19, ou coronavírus.

Para informações atualizadas e seguras, recomendamos acessar os sites da Johns Hopkins University, Organização Mundial da Saúde, Governo do Reino Unido e do Itamaraty.

Tanto o governo britânico, como o brasileiro, não recomendam viagens desnecessárias. O recomendado é o isolamento e distanciamento social, para tentarmos controlar esta pandemia.

Por enquanto, fiquem em casa.

SAÍDA DO LOCKDOWN

A partir de hoje, 01/06/2020, a Inglaterra entra na segunda fase de abertura do país, após um lockdown de 2 meses.

Infelizmente, como todas as outras medidas apresentadas pelo governo britânico durante a pandemia do coronavírus, as etapas para abertura do país ainda são confusas e geram mais dúvidas do que explicações.

A primeira medida do governo, para a abertura do país, foi mudar o slogan da campanha de combate ao Covid-19: de Stay at Home para Stay Alert – de Fique em Casa para Fique Alerta, em tradução literal. Já as etapas são:

1º. A partir de 11/05/2020, as pessoas que não podiam trabalhar de casa, puderam voltar ao trabalho, mas foi recomendado evitarem o uso de transporte público. A população foi autorizada a se exercitar ao ar livre sem restrições.

2º. Hoje estamos entrando na segunda etapa. Entre as medidas desta fase, as principais alterações são: alunos podem voltar às escolas e a população pode encontrar até 6 pessoas ao ar livre, sempre respeitando o distanciamento social de 2 metros.

A partir do dia 8 de junho, pessoas que chegarem ao país do exterior deverão permanecer em isolamento por 14 dias. Clique aqui para mais informações sobre a quarentena.

Ainda nesta segunda etapa, o governo considera a abertura de algumas lojas mais para o final do mês de junho.

A 3º etapa, deverá dar início em julho, e o governo acredita que será possível a abertura de alguns estabelecimentos da industria da hospitalidade.

Vale lembrar que de acordo com o primeiro ministro, Boris Johnson, as etapas são revisadas semanalmente e poderão sofrer alterações, caso necessário.

A decisão do primeiro ministro de amenizar o lockdown não foi bem aceita pelos outros países do Reino Unido: Escócia, Irlanda do Norte e Países de Gales, portanto estas medidas são referentes apenas à Inglaterra, já que os outros países estão tomando medidas próprias.

CORONAVÍRUS NO REINO UNIDO

O Reino Unido entrou, oficialmente, em lockdown no dia 23/03/2020. A medida foi anunciada pelo primeiro ministro, Boris Johnson e gerou muita polêmica no país, já que as diretrizes do governo deixavam margens para diversas interpretações.

Desde o anúncio do isolamento, supermercados e farmácias permaneceram abertos, e a população estava autorizada a sair de casa somente em casos especiais: comprar alimentos ou medicamentos, ou procurar ajuda médica.

Até a data de hoje, o Reino Unido conta com 229.705 casos positivos e 33.186 mortes.

CORONAVÍRUS EM LONDRES

Na capital inglesa, restaurantes, museus, galerias, teatros, musicais e atrações turísticas estão fechados por tempo indeterminado.

O transporte público está funcionando com restrição e 40 estações do metrô de Londres estão fechadas. O serviço noturno de metrô que funciona aos finais de semana, está suspenso.

CLIENTES LONDONICES

Nossos clientes que tiverem sua viagem alterada ou cancelada, devido ao COVID-19, poderão ter seus roteiros personalizados adaptados para a nova data, caso haja necessidade, sem custo algum.

Continuaremos mantendo nosso conteúdo com as novidades sobre Londres atualizados.

Qualquer dúvida, entre em contato através do email [email protected].