Como viajar com crianças para o Reino Unido | Londonices: Dicas de Londres

Desde 2011, viajar com menor de idade para o exterior ficou mais fácil. Antigamente, o processo era bem mais burocrático e podia levar até 20 dias.

Hoje, caso os pais queiram, o passaporte do menor de idade, já pode ser emitido com a autorização de viagem – item que facilita muito a vida de todos.

Mas mesmo os pais que, por qualquer motivo, não queiram esta autorização no passaporte da criança, podem simplesmente imprimir o modelo de autorização de viagem fornecido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), preencher os dados e reconhecer firma.

RESOLUÇÃO N. 131

Segue abaixo, a nova regra para viagem ao exterior com menores de idade:

 

“O Conselho Nacional de Justiça (CNJ), por meio da Resolução n. 131, alterou os procedimentos para a autorização de viagens de crianças e adolescentes ao exterior. Pela nova regra, o reconhecimento de firma nas autorizações de pais ou responsáveis não precisa ser feito na presença de tabelião, passa a se dar com o reconhecimento de firma já registrada em cartório. O texto também dispensa a inclusão de fotografia da criança no documento que autoriza a viagem. 

Para esclarecer as regras para embarque de menores em voos para exterior, o CNJ produziu cartilha com as principais informações. 

A autorização é exigida sempre que crianças e adolescentes brasileiros precisarem viajar para outros países desacompanhados, na companhia de apenas um dos pais ou acompanhados de terceiros. Para autorização de viagem internacional de crianças e adolescentes, preencha o formulário padrão.”

TROCANDO EM MIÚDOS

Como viajar com crianças para o Reino Unido | Londonices: Dicas de Londres
  • Não é necessário autorização judicial para crianças e adolescentes brasileiros, que residem no Brasil, que viajam ao exterior acompanhados dos pais (mãe e pai juntos).
  • Quando a criança ou adolescente viajar apenas na companhia de um dos genitores, é necessária a autorização do outro, com firma reconhecida.
  • Criança ou adolescente desacompanhados, ou em companhia de terceiros, devem apresentara autorização dos pais.

DOCUMENTOS

Viajar com crianças para o Reino Unido | Londonices: Dicas de Londres

Os documentos apresentados para viagem devem ser originais ou cópias autenticadas.

 

1. Autorização de Viagem

Para cada criança ou adolescente, é preciso uma autorização, impressa em 2 vias: uma ficará com a Polícia Federal, na saída do Brasil, e a outra irá com a criança.

A autorização deve ser preenchida a mão, com os dados do menor e dos responsáveis.

As duas vias devem estar com a firma reconhecida e o prazo de validade será estipulado por quem autoriza.

 

Atenção: esta autorização é essencial caso o menor viaje sem a companhia de um dos pais, ou na companhia de terceiros. Mesmo que os pais estejam no check in, a autorização preenchida e com firma reconhecida é obrigatória.

 

2. Outros Documentos

Cópias da identidade e do passaporte do menor.

 

3. Menores residentes no exterior

Não é preciso autorização judicial para crianças ou adolescentes brasileiros que moram no exterior voltem ao país quando estiverem em companhia de um dos genitores.

Quando o retorno ao país ocorrer com o menor desacompanhado ou acompanhado de terceiro, é necessária autorização dos pais, com firma reconhecida.

Para comprovar a residência da criança ou adolescente no exterior deve-se apresentar o atestado de residência emitido por repartição consular brasileira há menos de 2 anos.

clique aqui para imprimir o modelo de autorização de viagem

REGRAS PARA O REINO UNIDO

Como viajar com crianças para o Reino Unido | Londonices: Dicas de Londres

Como regra geral, o Reino Unido não exige nenhum outro documento para entrar ou sair do país com um menor de idade, caso a criança ou adolescente estejam viajando com os pais.

Porém, eles informam no site do gov (em inglês), que caso o oficial da imigração desconfie do parentesco – por exemplo, a criança não possui o mesmo sobrenome dos pais – será necessário comprovar a relação familiar, a certidão de nascimento é o suficiente.

Se o menor estiver viajando com uma terceira pessoa, uma autorização dos pais, pode ser pedida.

Enfim, apesar da entrada e saída do Reino Unido ser bem mais simples, levar a certidão de nascimento e/ou autorização de viagem, em inglês, não custa nada.