Museu John Soane em Londres

Este museu é um dos é dos locais mais pitorescos de Londres. E super vale a visita.

Instalado em três casas que pertenceram ao arquiteto John Soane, é um dos museus mais fascinantes de Londres e, infelizmente, é ignorado pelos turistas que visitam a cidade.

Mas vamos às explicações. Sir John Soane (1753 – 1837) foi um importante arquiteto inglês, responsável por projetar ícones da arquitetura de Londres, como o Bank of England.

Vaidoso, abaixo, você pode ver um de seus muitos retratos. Normalmente, pintados por artistas renomados.

Arquiteto inglês Sir John Soane

Durante sua vida, enquanto não estava na prancheta projetando ícones da arquitetura, Sir John Soane estava a procura de peças para suas coleções – que eram muitas.

O arquiteto era um colecionador compulsivo. Colecionava arte, mobília, ornamentos arquitetônicos e, claro desenhos relacionados a sua área.

Todos os objetos eram expostos em sua casa, local onde hoje é o museu.

Museu John Soane em Londres

Sua coleção chegou há mais de 20 mil objetos, tendo com um dos principais itens, um sarcófago que pertenceu ao faraó Seti I (1291-78 AC).

O sarcófago em questão, primeiro foi oferecido ao British Museum por £ 2.000,00, na época, mas como o museu estava sem dinheiro, Sir John Soane acabou arrematando a peça.

Diz a lenda que ele teve que abrir uma parede na sua casa, para receber a nova aquisição.

Para exibir a nova peça, o arquiteto fez uma festa durante três noites, a luz de velas, para mostrar o belíssimo sarcófago à nata londrina.

Realmente, este sarcófago é impressionante. Cheio de detalhes e informações. Vale a pena passar alguns bons minutos o observando.

Museu John Soane em Londres

Antes de morrer, o arquiteto deixou seu pedido para que sua casa fosse transformada em um museu. Também avisou que o museu teria uma regra: “amadores e estudantes devem ter acesso.”

O museu é mantido da mesma maneira que o arquiteto deixou. Exatamente como na época em que ele morava no local. A sua regra também foi seguida e o museu é gratuito para todos.

A primeira coisa que impressiona, é a quantidade absurda de objetos. Eles estão simplesmente por todos os lados, paredes, tetos, vitrais… Fica difícil de imaginar como alguém realmente vivia ali.

É preciso andar com cuidado. As passagens são bem estreitas e totalmente ornamentadas com todos os tipos de arte.

Logo na entrada eles dão uma sacola plástica para colocar seus pertences, como bolsas, mas eu sugiro deixar tudo em um dos armários com chaves que eles possuem.

Acho isto bem mais seguro. Ainda mais se você for uma pessoa desastrada como eu.

Museu John Soane em Londres

Como o museu está localizado na casa que o arquiteto morava e não foi modificado, existem várias salas.

Uma das mais impressionantes é a The Picture Room (A Sala das Pinturas, em tradução livre).

Construída em 1824, esta única sala abriga 118 quadros, em um espaço um pouco menor que 2 metros quadros.

Isto foi possível graças à um mecanismo de painéis criado pelo arquiteto.

SUPER DICA

Como o museu é conservado da mesma maneira da época que o arquiteto morava, não existe nenhuma explicação sobre os itens exibidos, como ocorre normalmente nos museus.

Por isso, logo na entrada eles recomendam comprar um guia sobre o local por £ 3,00.

Não é obrigatório. É apenas uma sugestão para entender melhor os objetos mostrados.

INFORMAÇÕES

13 Lincoln's Inn Field | London | WC2A 3BP

+44 (0) 20 7405 2107

quarta a domingo, das 10h às 17h

gratuito

Holborn

sir john soane's museum